Product-Market Fit: como as construtoras podem usar essa estratégia?

Termo que vem da área de tecnologia e inovação, o Product-Market Fit também pode ser aplicado na construção civil. Confira neste artigo como utilizar a estratégia.

Product-Market Fit nada mais é do que o fit entre um produto e o mercado, ou seja, a aderência de uma determinada solução, conforme a necessidade que este mercado tem. 

Trata-se de um conceito muito utilizado em empresas de tecnologia, inovação e startups, mas que pode ser muito bem explorado em outros segmentos, como o da construção civil. 

Isso porque o mercado imobiliário está em constante transformação, e é preciso que as construtoras se mantenham atentas a essas mudanças. Para conseguir estar mais próximo do seu cliente e realmente atender suas necessidades, entender a fundo o perfil do consumidor é essencial. 

Podemos ver isso em lançamentos imobiliários, onde a concepção do empreendimento segue a demanda do mercado e pesquisas com o público. Um excelente exemplo são os empreendimentos que já possuem espaços de home office, adequando-se à tendência do trabalho remoto. 

Portanto, neste artigo você verá mais detalhes sobre o conceito de Product-Market Fit, seus benefícios para o mercado de imóveis, e como é possível fazer uso desta estratégia em construtoras. 

O que é o Product-Market Fit?


Product-market fit nas construtoras


Muito difundido no meio do empreendedorismo de forma geral, o Product-Market Fit (PMF) é o momento em que sua solução passa a atender às expectativas do público e às suas dores, criando mais aderência no mercado. 

Alcançar este fit representa que você tem o produto ou serviço ideal para a resolução dos problemas de determinado público, fazendo com eles não se sintam incomodados em pagar por ele e até o indicando a outras pessoas, ou seja, se tornando embaixadores e defensores da sua marca.

Fica claro que existe um Product-Market Fit ao ter um aumento exponencial nas vendas, mesmo sem grandes investimentos em marketing.

Por outro lado, é comum ver empresas decretando falência, pois não conseguem alcançar o ponto de convergência entre o que vendem e o que o mercado precisa. 

Para encontrar o seu PMF, é necessário passar por algumas etapas principais:

Ideação

Onde ocorre a definição inicial do seu produto ou serviço. No caso de construtoras, podemos considerar um empreendimento em específico.

Validação

É preciso validar se a solução realmente tem valor para a necessidade dos clientes.

Escalar

Após validada, a solução pode ser escalada a partir do seu processo de vendas.

Product-Market Fit 

Momento em que os resultados desejados passam a ser alcançados e as vendas são potencializadas.

Além disso, já tivemos a oportunidade de falar sobre Product-Market Fit em outro artigo do blog, trazendo a experiência do cliente como foco.

Qual a importância do Product-Market Fit no mercado imobiliário?

Em todo empreendimento de uma construtora ou incorporadora, o principal objetivo é a lucratividade. Para isso, sabemos que não existe uma fórmula pronta para o sucesso, porém, desenvolver uma solução e comunicá-la ao seu público com foco em solucionar a dor da persona é um bom início.

Essa é a importância do Product-Market Fit, pois ele norteia o seu negócio e aponta o caminho a ser trilhado. De que maneira? Oferecendo uma solução que vá diretamente ao encontro de solucionar o problema ou necessidade de um público. 

O Product-Market Fit pode também ser um grande aliado para evitar surpresas negativas quando os resultados forem analisados, principalmente no caso de lançamentos. Essa é a etapa da validação, onde é possível confirmar se o projeto do empreendimento realmente tem valor para as necessidades do seu cliente, e portanto, se possui aderência neste mercado.

Desta forma, se a sua construtora vem realizando lançamentos de sucesso e crescendo a cada dia, isso é um bom indicador de que seus empreendimentos possuem Product-Market Fit. 

eBook Dicas e estratégias para vender seus imóveis remanescentes


Como utilizar esta estratégia em construtoras?

product-market fit nas construtoras


Veja essa notícia: “Home office ditará lançamentos em 2021! Plantas mais espaçosas dos novos empreendimentos imobiliários já contemplam um local para o trabalho remoto”

Agora essa: “O útil e o agradável: pandemia estimula construtoras a incorporar home office aos novos imóveis”

Somente essas notícias já mostram, de forma prática, a aplicação da estratégia Product Market Fit em construtoras.

As empresas do mercado imobiliário precisaram se adequar à mudança no comportamento do consumidor, que antes tinha como objetivo apartamentos com grandes varandas gourmets, e agora passou a desejar o home-office nos imóveis.

O fato das construtoras estarem entregando novos empreendimentos já com espaço home-office na planta, demonstra a importância de se atentar às preferências e necessidades do seu perfil de cliente para construir o Product Market Fit.

Agora, vamos aos passos para aplicar o Product Market Fit na sua construtora:

Identifique as necessidades da sua persona

Como apresentamos nessas notícias, sua agilidade em identificar as necessidades da sua persona é essencial para garantir o alinhamento com as demandas do mercado.

Para isso, é válido realizar pesquisas com seus clientes e mercado-alvo, além de construir de maneira conjunta entre marketing e comercial, o seu ICP (perfil de cliente ideal) e identificar todas as suas personas. Entender como funciona o smarketing imobiliário será essencial para os seus resultados.

Gere uma proposta de valor

Após ter identificado as necessidades da sua persona, você poderá criar e desenvolver uma proposta de valor adequada, seja para o posicionamento da construtora ou para um empreendimento específico.

Após validar, escale

Estratégia para product-market fit


Com a sua proposta de valor validada e a certeza de que suas soluções vão de encontro às necessidades do mercado, é hora de escalar ou expandir. 

É preciso unificar essa proposta em todo o seu planejamento de marketing, bem como nos processos comerciais e no atendimento ao cliente. Sua persona deve perceber em cada ponto de contato os benefícios oferecidos e o que diferencia sua construtora ou empreendimento da concorrência. 

Esteja aberto para ouvir os potenciais clientes

Quem ouve mais, vende mais. Ao receber feedbacks dos potenciais clientes, você consegue ter clareza do que está indo bem e do que precisa ser melhorado. Dessa maneira sua construtora poderá melhorar cada vez mais o atendimento e o desenvolvimento de projetos, com foco em garantir uma experiência de compra excelente.

Exemplos de tendências nos lançamentos

Além de ouvir seus clientes, observe também a concorrência. O que eles apresentam como diferenciais e características de destaque? 

Há algum tempo, a resposta talvez fosse “varanda gourmet” e "suíte master com closet”. Esses itens ainda estão presentes, mas agora vêm acompanhados de itens que não eram tão comuns. 

Os espaços de coworking talvez sejam a tendência mais marcante no mercado imobiliário pós-Covid. Com mais pessoas trabalhando remotamente, a demanda por esse espaço aumentou consideravelmente - seja no mercado imobiliário de luxo, no médio padrão e até em imóveis populares. O coworking abaixo é do Arq Vila Mariana, da YouInc

YouInc


Em lançamentos da Tecnisa, encontramos elementos como Honest market, um sinal de mudanças no comportamento da população. Os “Honest Markets” são mini lojas de conveniência dentro do prédio, em que o próprio morador se encarrega de fazer o pagamento (ou seja, não tem um vendedor controlando tudo). 

Tecnisa


No Terrae, da Gamaro, temos uma lavanderia compartilhada. Essa solução, que há alguns anos só era vista em filmes norte-americanos, vem se popularizando no Brasil. Em vez de ter uma área de serviço em casa, o morador conta com uma lavanderia coletiva. A solução é mais comum em prédios com studios e outros formatos de apartamentos menores. 

Terrae


O empreendimento Do It Vila Olímpia, da Incorporadora Riva, destaca seu rooftop - espaço no topo do prédio para uso pelos moradores. Outras novidades são espaço pet e até uma área para lavar carros (car wash). 

Do It Vila Olímpia


Sua construtora tem Product-Market Fit?

Abordamos neste artigo o conceito de Product-Market Fit, uma maneira de validar a aderência do negócio no mercado. 

Esta estratégia pode ser muito bem aplicada em construtoras e no desenvolvimento de novos empreendimentos. Ao ter em mente a importância de ter Product Market Fit, se manter atento às necessidades do público e validar as ideias que podem solucionar as dores da sua persona, o crescimento do negócio se potencializa.

Esperamos que com as dicas apresentadas neste artigo você esteja mais preparado para aplicar este processo de validação na sua construtora e medir a aderência do negócio no mercado.

Para receber mais conteúdos como esse no seu email, clique aqui ou na imagem abaixo e cadastre-se em nossa newsletter: 

Newsletter Aqua


Leia também

Seja cliente Aqua

Faça como algumas das maiores empresas do Brasil. Use soluções da Aqua para inovar, reduzir custos, atender melhor e vender mais.